Paz

0 Fla­res Twit­ter 0 Face­bo­ok 0 Goo­gle+ 0 Pin It Sha­re 0 0 Fla­res ×

Con­for­me dis­se­mos na pas­to­ral pas­sa­da, “adven­to” é uma pala­vra que vem do latim e sig­ni­fi­ca “vin­da, che­ga­da”. Daqui a alguns dias, vamos cele­brar o ani­ver­sá­rio do nas­ci­men­to de Jesus – ain­da que seja uma con­ven­ção a data fixa­da – enquan­to ansi­a­mos por sua segun­da vin­da em Gló­ria. A vida cris­tã é uma vida de espe­ra em meio à insa­tis­fa­ção por um mun­do alte­ra­do pelo mal e pela des­gra­ça e, para os que são lúci­dos, de cons­ci­ên­cia da insu­fi­ci­ên­cia pes­so­al. De fato, há um dese­jo por um novo céu e uma nova ter­ra, que serão ins­tau­ra­dos quan­do Cris­to vol­tar.

Adven­to é um tem­po que em par­te sin­te­ti­za nos­sa cami­nha­da de fé; cele­bra­mos uma rea­li­da­de, mas tam­bém esta­mos na expec­ta­ti­va do que vem. Tal ten­são pode­ria nos “tirar a paz”, mas, como sabe­mos que não esta­mos no con­tro­le, e sim o Senhor, pode­mos ter a paz que exce­de todo enten­di­men­to. Isso não anu­la o fato de que exis­tam lutas, como tal­vez você até este­ja enfren­tan­do ago­ra; a Pala­vra nos afir­ma, que “[o Senhor] faz nas­cer o seu sol sobre maus e bons e vir chu­vas sobre jus­tos e injus­tos” (Mt 5:45). Todas as pes­so­as estão sus­ce­tí­veis a enfren­tar situ­a­ções adver­sas, vivam ou não com Deus. A gran­de dife­ren­ça é como cada um des­ses gru­pos rea­ge.

Ao colo­car­mos nos­sas vidas nas mãos de Deus, pas­sa­mos a con­fi­ar em Sua gra­ça e sus­ten­ta­ção e a depen­der exclu­si­va­men­te do Seu cui­da­do e amor. Por isso, ain­da que tudo à nos­sa vol­ta este­ja des­fa­vo­rá­vel, con­se­gui­mos con­ti­nu­ar fir­mes. O que nos­sos olhos e per­cep­ção são capa­zes de obser­var não é uma cons­ta­ta­ção final de como esta­mos, pois nos­sa espe­ran­ça, con­fi­an­ça e fé estão fir­ma­das no agir de Deus que, além de estar no con­tro­le de todas as coi­sas, pode rever­ter quais­quer cir­cuns­tân­ci­as. Já quem não vive com Deus e na con­fi­an­ça do Seu poder dian­te de situ­a­ções adver­sas per­de a espe­ran­ça, o que leva mui­tos a pen­sar em desis­tir de viver.

Por isso, não há vida fora do Evan­ge­lho. Num mun­do con­tur­ba­do, injus­to e peca­mi­no­so, viver sem Deus tor­na-se uma tare­fa impra­ti­cá­vel. Minha irmã, meu irmão, não sei como está sua cami­nha­da hoje, mas sei que, se Deus está ao seu lado, seja o cami­nho árduo ou tran­qui­lo, Ele te sus­ten­ta e sina­li­za que é sobe­ra­no, e que o amor que Ele tem por sua vida te for­ta­le­ce e anu­la o seu medo.

Sim, é um mila­gre sen­tir paz em meio à guer­ra. Quan­do vive­mos com Deus, Ele pro­mo­ve em nós uma sere­ni­da­de e uma con­fi­an­ça sobre­na­tu­rais, que nos levam a viver com ale­gria, de gló­ria em gló­ria e de vitó­ria em vitó­ria. Que, nes­se tem­po de Adven­to, o Senhor pos­sa reno­var em seu cora­ção e men­te a paz que só Ele pode nos dar, a paz que pre­ci­sa­mos para tomar deci­sões, fazer esco­lhas e pros­se­guir no Cami­nho. Que a Paz do Senhor guar­de sua men­te, sua alma e seu espí­ri­to!

Pr Tiago Valentim

Na paz do Senhor,
Rev. Tia­go Valen­tin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *