Conexionalidade é uma benção!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 Pin It Share 0 0 Flares ×

“Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo” (I Co. 12.12). [Pois] “há um só Senhor, uma só fé, um só batismo” (Ef. 4.5).

A Igreja Metodista é conexional. O que significa isso? “Conexional” vem da palavra “conexão” (= estar ligado); portanto, dizer que somos conexionais é ter o entendimento de que as igrejas locais conectadas compõem um grande corpo, ou seja, fazemos parte de uma igreja que valoriza a unidade, a comunhão e os elos que a unem. Do ponto de vista administrativo, dizer que a Igreja Metodista é conexional é o mesmo que dizer que há apenas uma Igreja Metodista em solo brasileiro, presente em diversas localidades.

Do ponto de vista espiritual, significa que nossa igreja busca e deseja cumprir cabalmente a Palavra de Deus, pois compreendemos que só estamos divididos geograficamente, posto que espiritualmente sabemos que fazemos parte de um único corpo, unidos por um só Senhor uma só fé e um só batismo.

A conexionalidade não pode ser vivida apenas no âmbito espiritual, mas praticada e concretizada para que seja revertida em benção para todo o corpo; na busca para ser uma igreja conexional, a Igreja Metodista promove ações e atividades que nos ajudam a colocar em prática essa benção. Destacamos aqui dois momentos que estamos vivendo nestes últimos dias. Primeiramente, a Campanha da Oferta Missionária Nacional, por meio da qual todos(as) os(as) metodistas no Brasil são desafiados a unir-se em prol das missões metodistas no Norte e no Nordeste do Brasil, contribuindo financeiramente. Em segundo lugar, temos a Celebração do Coração Aquecido, que acontecerá em 21 de maio de 2011, no Ginásio do Ibirapuera. Nesse dia, poderemos, em conexão com outros irmãos e irmãs metodistas de tradição wesleyana, louvar a Deus por tudo o que Ele tem feito por meio do Metodismo ao longo desses quase 300 anos de história.

A conexionalidade só acontece quando todos os membros que compõem a igreja seus se dispõem a servir juntos ao Senhor da igreja. Por mais que sejam criadas iniciativas para promover a comunhão e a unidade da igreja, se a membresia não vivenciar o princípio bíblico de que o mundo só vai crer quando formos um, todo o esforço por conexionalidade será em vão, pois não passará de atividades recreativas.

A conexionalidade precisa vir da base a igreja local. Afinal de contas, somos um corpo e, por isso, precisamos viver unidos, suportando uns aos outros em amor, para que o corpo seja edificado. Que o Senhor Jesus assim nos ensine a sermos um como Ele é com o Pai!

Pr Tiago Valentim

Com carinho e estima pastoral,
Pr. Tiago Valentin

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *